Setor de compras – Os desafios da negociação para compradores

Por: Equipe Furoexpress em: - Novidades
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Olá comprador!

O setor de compras não é “mamão com açúcar” não é mesmo? Se você sente o desafio diário de obter os melhores resultados em negócios, esse conteúdo é para você.

O setor de compras é de extrema importância em uma empresa e, por conta disso, tem sido cada vez mais profissionalizado. Os empreendedores investem na capacitação dos compradores, buscando garantir a eles o preparo técnico necessário para a rotina desse departamento. Mas mesmo com todas as habilidades, existem desafios que sempre vão aparecer e que precisarão ser enfrentados com maestria.

Veja a seguir uma compilação dos maiores desafios que se apresentam ao setor de compras e esteja preparado para encarar qualquer um deles:

Encontrar o melhor custo/benefício

Os compradores estão em contato direto com fornecedores para abastecer a empresa com todos os equipamentos necessários para o funcionamento dos seus departamentos. O primeiro e mais importante desafio é encontrar o melhor custo/benefício entre esses fornecedores, uma vez que o menor preço nem sempre corresponde a um produto de qualidade.

Por outro lado, fazer compras muito caras também não é recomendável, afinal, toda empresa quer reduzir os custos para lucrar mais. Encontrar esse equilíbrio pode ser difícil, porém, necessário.

Saber empregar estratégias de negociação

Negociar é a maior atividade de um comprador. Muitas vezes, você vai encontrar o produto perfeito para a empresa, mas o preço está além do orçamento estabelecido, ou então, o prazo de entrega não corresponde a um limite de tempo da própria empresa. É aí que entra em jogo a negociação com o fornecedor, tentando buscar alternativas que beneficiem os dois lados, afinal, ele quer vender tanto quanto você quer comprar.

Essa negociação também pode ser com o administrador da empresa. Às vezes é necessário conseguir um orçamento maior para a compra de determinado material, por exemplo. O comprador está sempre fazendo essa ponte entre a empresa e o vendedor.

Conscientizar os outros colaboradores sobre o desperdício

Como já foi mencionado, a empresa sempre quer economizar em tudo o que for possível, mas isso não é tarefa apenas do comprador. Todos os colaboradores devem estar cientes disso em seu dia a dia, procurando economizar os materiais que utilizam em suas rotinas de trabalho.

Muitas vezes, cabe aos responsáveis pelo setor de compras promover essa conscientização, mostrando aos demais o quanto é possível reduzir custos apenas otimizando o uso dos materiais e evitando o desperdício. Nessa função, o comprador vai lidar, muitas vezes, com um colaborador que acha que a sua função é tão importante que lhe dá o direito de usar as ferramentas como quiser. Outras vezes com pessoas que realmente estragam as coisas acidentalmente.

O comprador deve orientar a todos, independente do caso, sobre a economia.

Checar as compras que chegam

Principalmente quando se trata de um lote grande ou de algo delicado. Em muitas empresas, os compradores são os responsáveis pelo material até entregá-lo ao setor correspondente, por isso, é preciso avaliar tudo o que chega para se certificar de que o produto tem todas as características, a quantidade está certa, a marca foi a solicitada.

Qualquer problema detectado deve ser resolvido de imediato com o fornecedor. Se o material chegar a ser distribuído na empresa, tudo fica mais difícil.

Esquecemos de mencionar algum desafio? (claro que sim 😉 )

Que tal esquentar essa conversa, deixando um comentário abaixo.

Um abraço da equipe Furoexpress.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×